Educação

Novo Ensino Médio em 2023

Se você ainda não sabe como está sendo a implementação do Novo Ensino Médio em 2023, leia esse artigo e entenda tudo sobre ele.

Anúncios

A partir de fevereiro, vamos ver a implementação do Novo Ensino Médio em 2023. A utilização do novo formato de Ensino Médio começou ano passado, em 2022, com os ingressantes do primeiro ano. E a previsão para o fim da implementação é em 2024, quando a última turma do primeiro ano ingressará no Novo Ensino Médio.

Há diferentes opiniões acerca dos possíveis resultados na mudança da estrutura do Ensino Médio. Muitas pessoas concordam que a mudança vai gerar mais conhecimento e oportunidades dos jovens aprenderem e se desenvolverem. Contudo, assim como a modalidade EAD, há quem diga que a iniciativa é boa mas que tem pontos prejudiciais. Vamos falar disso aqui.

Quadro negro ilustrando uma aula sobre o Novo Ensino Médio
Reprodução: Imagem retirada do site Estado de Minas

Como funciona o atual/antigo Ensino Médio

O Ensino Médio atual, que a partir de 2024 vai ser antigo, entrou em vigor no ano de 1996 em substituição ao antigo Ensino de Segundo Grau. Ele corresponde a etapa final da Educação Básica e é uma espécie de revisão das séries anteriores e preparação para o Ensino Superior. Conta com uma grade curricular de 800 horas de aula anuais divididas em 200 dias letivos.

Sendo assim, essas 800 horas anuais correspondem a grade de disciplina de acordo com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Somadas essas horas durante os três anos, o aluno chega ao fim do Ensino Médio com um total de 2.400 horas de aula da formação básica instituída pela BNCC. É aí que entra a grande questão do Novo Ensino Médio.

Como funciona o Novo Ensino Médio em 2023

De acordo com as regras do Novo Ensino Médio, os alunos matriculados passam de ter o total de 800 horas de aula anual para um total de 1.000 horas de aula. Sendo assim, ao completar o Novo Ensino Médio, o aluno terá alcançado um total de 3 mil horas de aulas. À primeira vista, isso é muito melhor, visto que o antigo oferecia somente 2.400 horas. Mas não é bem assim! Entenda:

De acordo com a nova estrutura, um total de 1.800 horas de aula serão destinadas para as disciplinas obrigatórias da Base Nacional Comum Curricular e as outras 1.200 horas são para os Itinerários Formativos (vamos falar sobre eles mais à frente). Se atentarmos para os números, você percebe que houve uma redução nas aulas da base curricular que são as exigidas no vestibular.

Ou seja, há um aumento de horas de aula, mas há uma redução no ensino das disciplinas básicas para dar espaço para os Itinerários Formativos. Esses são os trabalhos, oficinas, núcleos de estudo e outras situações de trabalhos que os alunos podem optar por incluir em seus estudos. São eles que servem como base para a ideia de flexibilidade do Novo Ensino Médio.

O Novo Ensino Médio é um progresso?

Para chegar à conclusão que algo é um progresso ou não, você precisa ver os resultados. Contudo, como a implementação ainda está em curso, não é possível afirmar com certeza se o Novo Ensino Médio é um progresso ou retrocesso. Dito isso, podemos tirar algumas conclusões a partir das informações fornecidas acima.

Quando se cria uma flexibilidade no ensino direcionada para as necessidades e objetivos do aluno, você transfere grande parte da responsabilidade para ele. Nem sempre o que um jovem julga ser o melhor para ele, de fato, é o melhor. Será que aquilo que ele deseja é o que vai levá-lo até onde ele precisa?

Outro ponto é que aumentando o tempo de permanência do aluno na escola, aumenta a exigência física e mental. Logo, ao passar do tempo ele vai começar a poupar energia naquilo que ele menos tem prazer. Ou seja, entre as aulas que ele é obrigado a assistir e as que ele escolheu assistir, a quais ele vai se dedicar? 

As que escolheu, naturalmente! É que não são as necessárias para a continuação da sua jornada acadêmica. Resumindo, você acaba criando uma bengala para que o aluno decida sua vida educacional ali no Ensino Médio e foque somente em trabalhar depois. Quando, na verdade, você deveria dar opções a ele: de trabalhar ou de estudar e se desenvolver. Não fazendo isso, o poder de escolha do futuro do aluno foi tirado ao dar à ele o direito de escolher o que estudar.

Em Alta

content

Vagas de caminhoneiro: saiba mais sobre esta profissão!

As vagas de caminhoneiro trazem a possibilidade de um trabalho cheio de aventura. É possível ganhar dinheiro viajando por aí!

Continue lendo
content

Atividade física e seus benefícios

Precisamos falar sobre atividade física e seus benefícios. Com a dinâmica acelerada do dia a dia, não podemos deixar nossa saúde de lado.

Continue lendo
content

Vagas de Emprego no LinkedIn

Veja como encontrar vagas de emprego no LinkedIn de forma simples e objetiva. Essa pode ser a sua oportunidade!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Os melhores apps para postar foto com música no status do WhatsApp

Apesar do WhatsApp não oferecer essa ferramenta, é possível postar foto com música no status do WhatsApp usando aplicativos grátis e simples.

Continue lendo
content

Copa do Mundo vs UEFA Champions League: Qual é o melhor?

Copa do Mundo vs UEFA Champions League: Qual é o melhor? Confira o por a Copa ser um dos maiores espetáculos do mundo

Continue lendo
content

AdoroFarm: o que é?

Saiba tudo o que é o Adoro Farm, todas as causas que ele abraça, qual sua importância e trajetória na marca Farm Rio!

Continue lendo